Estada de São João Paulo II no Hospital: A conexão fascinante de Fátima com Medjugorje

Compartilhe!

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Estada de São João Paulo II no Hospital: A conexão fascinante de Fátima com Medjugorje

  28 de junho de 2016 –  Stephen Ryan

papaatentado

Após o atentado contra sua vida em maio de 1981, o Papa João Paulo II renovou publicamente o ato de consagração a Maria. E Maria não esperau muito tempo para responder. Apenas alguns dias depois, em 24 de junho de 1981, ela começou a aparecer em Medjugorje … Marco Vignati,

 Rainha da Paz:  “Medjugorje é a continuação e realização de Fátima.”

Muitas pessoas sabem que São João Paulo II era favorável à Medjugorje. Alguns chamavam-no de  “Protetor” do local sagrado. Mas o que é menos conhecido é que a Rainha da Paz veio a Medjugorje apenas um mês após o atentado contra a vida de João Paulo II. Ela veio depois das orações especiais da Santa Sé.

Aqui está a história fascinante da permanência no hospital em Roma, onde ele se recuperou do atentado contra sua vida em 13 de maio de 1981, data de aniversário de Fátima.

Do Bispo Hnilica:

Papa João Paulo II tinha “Totus Tuus”, como lema incondicional para com  Nossa Senhora, mas com a tentativa de assassinato em 13 de Maio, 1981, Totus tuus assumiu uma dimensão totalmente nova. João Paulo II experimentou sua fraqueza física aqui no hospital. Lembro-me bem de como ele confidenciou a um amigo, “Olha, eu mal consigo me mover.  A igreja precisa de um papa saudável”. Ainda assim, depois de uma breve pausa, ele disse:” Mas não minha vontade seja feita, e sim a de Deus!”.  Através do atentado, João Paulo II chegou a uma compreensão mais profunda do valor do sacrifício e a mensagem de Fátima.

Ele me pediu para levar à ele toda a literatura sobre Fátima. Eu tinha muitos textos em polonês. Ele leu tudo com muita atenção, e ficou claro que ele era o papa de quem Nossa Senhora tinha falado em Fátima e que ele tinha que cumprir a atribuição de Maria. Quando deixou o hospital, ele me explicou, “Eu já compreendi que a única maneira de salvar o mundo da autodestruição e ateísmo militante é a conversão da Rússia de acordo com as mensagens de Fátima.”

Após sua estadia no hospital, eu dei ao Santo Padre uma imagem de  Fátima que peregrinos alemães trouxeram de Fátima. Ele coroou-a e beijou-a com as palavras Totus Tuus. Então eu disse a ele: “A conversão da Rússia será realizada sob o seu pontificado”. O Santo Padre permaneceu em silêncio por um tempo e orou em silêncio diante da imagem. Ele então me perguntou: “Como é que eu vou fazer isso?” Eu disse a ele: “Você foi escolhido pela providência de Deus para consagrar a Rússia em união com todos os bispos ao Imaculado Coração de Maria. A paz do mundo depende disso porque a conversão da Rússia é a vitória sobre Satanás.”  Pouco tempo depois, o Santo Padre levou a imagem à  Polônia e fez construir uma capela lá na fronteira. Até hoje , Nossa Senhora olha de lá em direção à Rússia.

 Marco Vignati, Comunità Casa di Maria, Roma

No século 20, o Senhor nos dá a partir do coração da Polônia (“que bate continuamente com o coração da Mãe”, disse João Paulo II), o apostolado da Divina Misericórdia para os nossos tempos, através de Santa Faustina Kowalska: “Hoje eu envio você à toda a humanidade … Eu desejo curá-la e mantê-la perto do meu coração misericordioso. ”

São João Paulo II, cuja vocação sacerdotal amadureceu no verão de 1941, ao mesmo tempo em que, a uma curta distância, São Maximiliano Kolbe estava oferecendo a sua vida no campo de concentração de Auschwitz.

Em uma de suas primeiras peregrinações, o Papa João Paulo II confessou o seu grande desejo de “envolver toda a Igreja em uma grande oração mariana”, e ele confiou esta tarefa a Maria, adotando como seu lema Totus Tuus. Após o atentado contra sua vida em maio de 1981, ele renovou publicamente o ato de consagração a Maria. O programa de Maria em Medjugorje é  ” estar com vocês para levá-los ao caminho da santidade.”

Todos esses fatos que temos apenas mencionados aqui são elos de uma corrente, fases em uma única viagem que expressam o dom da misericórdia divina, que põe um limite ao mal.

E para fazer isso, Deus chamou Maria e os santos, seus servos fiéis que seguem Cristo e, portanto, são capazes de fazer Seu rosto misericordioso totalmente presente mais uma vez.

Traduzido do inglês por Ehusson Chequer – tradutora do Portal Medjugorje Brasil – http://www.medjugorjebrasil.com.br

Matéria original: http://www.mysticpost.com/saint-john-paul-iis-hosptial-stay-the-fascinating-connection-of-medjugorje-to-fatima/

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *