INCRÍVEL ENTREVISTA DE IVAN NA RÁDIO MARIA: “AS APARIÇÕES EM MEDJUGORJE SERÃO AS ÚLTIMAS”

Tempo de leitura: 22 minutos

Compartilhe com seus amigos!

Matéria original:

http://www.radiomaria.it/Data/Sites/1/extendedArchive/177/9156/Intervista_ad_Ivan_del_14_Agosto_2012.pdf

Entrevista de Padre Lívio Fanzaga, fundador da Rádio Maria ao vidente Ivan em 14/08/2012

Traduzida do italiano por Gabriel Paulino – fundador do Portal Medjugorje Brasil – www.medjugorjebrasil.com.br

Padre Lívio: Nossa Senhora disse: “Eu sou a Mãe de vocês e os amo”. Você A sente como Mãe ?

Ivan: Ela deseja aproximar-se de todos nós e de nos abraçar ! É grande e particular o amor da Mãe ! Transmitir este amor com palavras é verdadeiramente difícil ! Esta paz, esta alegria que eu sinto durante a aparição de Nossa Senhora me acompanha durante todo o dia. E quando chega a noite e não consigo dormir, penso: o que Nossa Senhora me dirá amanhã ? Examino a minha consciência e penso naquilo que eu fiz durante o dia, se as minhas ações estavam na vontade do Senhor. Se Nossa Senhora quando vier estará contente ? E outras coisas acontecem comigo na preparação para a aparição. A paz, a alegria e o amor no qual eu estou imerso durante cada aparição é a coisa mais bela ! O encorajamento que me dá a Mãe me recarrega… como faço com os peregrinos, como transmito as Suas mensagens, posso dizer que somente com minhas forças humanas não poderia suportar se Nossa Senhora todos os dias não me desse uma força especial.

A sinto verdadeiramente como Mãe. Não existem palavras para descrever este sentimento. Eu também tenho uma mãe terrena: esta mãe me educou até os 16 anos. Nossa Senhora me pegou com 16 anos e me guia. Posso dizer que tenho duas mães: uma terrena e uma Mãe Celeste. Todas as duas são boas mães que desejam o bem do próprio filho, o amam… eu desejo dar este amor aos outros…

Padre Lívio: Ivan, esta Mãe dá mensagens a mais de 30 anos. Quais são as principais mensagens ?

Ivan: Durante estes anos Nossa Senhora nos deu muitas mensagens e agora não existe tempo suficiente para falar de cada mensagem, mas desejo enfatizar [sublinhar] algumas que são verdadeiramente centrais e fundamentais: A PAZ, A CONVERSÃO, O RETORNO A DEUS, A ORAÇÃO COM O CORAÇÃO, A PENITÊNCIA COM O JEJUM, A MENSAGEM DE AMOR, A MENSAGEM DE PERDÃO, A EUCARISTIA, A LEITURA DA SAGRADA ESCRITURA E A MENSAGEM DE ESPERANÇA.

Estas são mensagens mais importantes. Nestes 31 anos Nossa Senhora deseja adaptar-se à nossa linguagem e então simplifica, a aproxima, para podermos praticá-las melhor e vivê-las melhor. Eu sinto que Nossa Senhora quando nos dá uma mensagem, quanto empenho nos dá para que possamos compreendê-la e vivê-la melhor ! Desejo sublinhar [enfatizar] que as mensagens de Nossa Senhora dizem respeito [se dirigem] ao mundo inteiro, porque Ela é a Mãe de nós todos. Nossa Senhora nunca disse: “queridos italianos… queridos americano…”. Sempre e todas as vezes quando se dirige a nós com uma mensagem Ela diz: “Queridos filhos Meus !”. Porque Ela é a Mãe, que ama a todos, porque todos somos importantes para Ela. Digo que é uma mensagem universal para todos os seus filhos. E ao final de cada mensagem ela diz: “Obrigada, queridos filhos, porque vocês responderam ao Meu chamado.” Nossa Senhora ainda nos agradece…

Padre Lívio: Nossa Senhora diz que devemos acolher as Suas mensagens “com o coração”…

Ivan: A mensagem que é repetida mais frequentemente nestes 31 anos é a oração com o coração, junto com a mensagem pela paz. Somente com as mensagens de oração com o coração e pela paz, Nossa Senhora deseja construir todas as outras mensagens. De fato, sem a oração não existe a paz. Sem a oração não podemos nem mesmo reconhecer o pecado, não podemos nem mesmo perdoar, não podemos nem mesmo amar…

A oração é verdadeiramente o coração e a alma da nossa fé.

Rezar com o coração, não rezar de uma maneira mecânica, rezar não para seguir uma tradição obrigatória; não rezar olhando o relógio para terminar o mais rápido possível a oração… Nossa Senhora deseja que nós dediquemos um tempo para a oração, que dediquemos um tempo para Deus.

Rezar com o coração: o que nos ensina a Mãe ? Nesta “escola” na qual estamos, significa sobretudo rezar com amor para o Amor. Rezar com todo o nosso ser e tornar a nossa oração um encontro vivo com Jesus, um diálogo com Jesus, um repouso com Jesus; assim podemos sair desta oração preenchidos de alegria e de paz, leves, sem peso no coração. Porque a oração liberta, a oração nos faz felizes. Nossa Senhora disse: “Que a oração seja alegria para vocês !”.

Rezem com alegria. Nossa Senhora sabe, a Mãe sabe que não somos perfeitos, mas deseja que avancemos na escola da oração e a cada dia aprendamos nesta escola; como solteiros, como famílias, como comunidades, como grupos de oração. Esta é a escola na qual devemos andar e sermos muito pacientes, sermos decididos, pereseverantes: isto é verdadeiramente um grande dom !

Mas devemos rezar para termos este dom. Nossa Senhora deseja que nós rezemos diariamente por 3 horas: as pessoas quando ouvem este pedido, se assustam um pouco e me dizem: “Mas como pode Nossa Senhora pedir a nós 3 horas de oração ?”. Este é o SEU desejo; mas quando se fala em 3 horas de oração, não se quer dizer somente a oração do Rosário, mas também da leitura da Sagrada Escritura, da Santa Missa, da Adoração ao Santíssimo Sacramento e a partilha com os familiares da Palavra de Deus. Acrescento também as obras de caridade, a ajuda ao próximo. É isto que Nossa Senhora deseja de nós.

Lembro-me que a alguns anos veio uma peregrina italiana e me disse: “Não posso acreditar que Nossa Senhora nos peça 3 horas de oração diária !”. Conversamos um pouco e lhe expliquei, mas parecia para ela tudo muito difícil. No ano seguinte ela retorna e me pergunta: “Nossa Senhora pede sempre 3 horas de oração ?” Eu lhe respondi: “A senhora está atrasada, não são somente 3 horas, agora ELA quer que nós rezemos 24 horas !”. E ela me responde: “Tudo bem, no momento ficarei mesmo só com aquelas 3 horas…” Nós somos um pouco egoístas quando se trata da oração. Nossa Senhora não nos pede algo que não podemos fazer.

É a beleza destes 31 anos: Nossa Senhora nos pede aquilo que podemos dar e praticar. Abrir o coração é um programa para toda a nossa vida, como a nossa conversão. Devemos nos abrir a cada dia. Eu não me converto de uma só vez. A minha conversão é um processo por toda a minha vida. Eu desejo crescer a cada dia na escola de Nossa Senhora e porque vivo no mundo devo distanciar-me daquilo que me atrapalha no caminho da santidade. Às vezes é difícil, existem obstáculos, mas eu sei que devo ser perseverante. Sei que Nossa Senhora me ajuda com os SEUS conselhos para que eu possa ir adiante. Nossa Senhora, através de nós, os videntes, guia o mundo inteiro. Se dirige a mim e à minha família e nos ajuda: diversas vezes fez porque deseja que a minha família seja um modelo para os outros. Somos todos testemunhas dos acontecimentos do mundo: a guerra é principalmente no coração do homem. Em tantos países da Europa Deus é rejeitado e Nossa Senhora nos diz: “Mudem a vida, retornem a Deus. Deus deve estar em primeiro lugar em suas vidas”.

No futuro do mundo poderemos caminhar somente com Deus. A paz que dá o mundo nos desapontará rapidamente. Somente Deus é a verdadeira paz !

Padre Lívio: Ivan, Nossa Senhora disse para você que nós queremos construir um mundo sem Deus, mas em um mundo sem Deus não existe futuro…

Ivan: Exatamente ! O senhor tem razão, padre Lívio, sem Deus o mundo não tem nenhum futuro. Por isto Nossa Senhora nos convida a retornar a Deus e, junto com Deus, nos encaminharemos em direção ao futuro. Assim estaremos seguros: teremos a paz, e haverá mais harmonia. Deus deu poder a tantos presidentes de países, para que com esse poder possam promover e trabalhar pela paz, para o bem comum, pela humanidade e pelos países. Mas todo poder sem Deus é uma anarquia… Por isto é muito importante que Deus esteja presente e que esteja no primeiro lugar até mesmo nos governos…

Padre Lívio: Tivemos a queda do império soviético que, graças a Nossa Senhora aconteceu sem uma grande guerra… mas aqui nesta terra [ex-Iugoslávia] tivemos uma guerra muito sanguinária… Existe ainda um grande perigo para a paz no mundo ?

Ivan: A Paz está seguramente ainda em grande perigo, porque a guerra maior é aquela dentro dos corações dos homens. O coração do homem que não está em harmonia e em paz com Deus não estará em paz com os outros… Devemos nos dedicar a cultivar o coração. Devemos rezar e rezar sempre mais por esta intenção. Vejam: Em 1981 Nossa Senhora veio: depois de 10 anos nós tivemos aqui a guerra dos Bálcãs. Nossa Senhora dez anos antes queria nos preparar, nos convidava à oração, convidava os sacerdotes, a Igreja. Muitos de nós estávamos surdos e mudos: não escutamos este convite da Mãe e não compreendemos aquilo que nos esperava… Se a Igreja e os sacerdotes tivessem convidado os fiéis a rezar exatamente como queria Nossa Senhora, muitas coisas poderiam terem sido evitadas, porque Nossa Senhora nos disse: “Queridos filhos, com a oração e o jejum vocês podem parar até as guerras…”

Padre Lívio: Nossa Senhora fala de SEU PLANO que deve realizar-se: já são passados 31 anos. Qual é este plano de Nossa Senhora ?

Ivan: Nossa Senhora tem um projeto preciso para o mundo; Nossa Senhora tem um projeto para a Igreja; Nossa Senhora tem um projeto com a paróquia de Medjugorje, mas nos convida a todos a participar, porque cada um de nós é parte deste plano. Nossa Senhora disse: “EU estou com vocês e junto com vocês desejo realizar este plano. Por isto decidam-se pelo bem, lutem contra o pecado, contra o mal”. Quando nós falamos deste PLANO de Nossa Senhora, não sei qual é este plano em detalhes. Isto não significa que eu não deva rezar pela sua realização. Nós não precisamos saber tudo sempre ! Devemos rezar e confiar nos pedidos de Nossa Senhora. Se Nossa Senhora deseja isto, devemos acolher este SEU pedido.

Padre Lívio: Nossa Senhora disse que veio para criar um novo mundo de paz. Ela conseguirá ?

Ivan: Sim, mas junto com todos nós, os SEUS filhos. Esta paz chegará, mas não é a paz que vem do mundo… Virá a paz de Jesus Cristo sobre a Terra ! Mas Nossa Senhora disse também em Fátima e ainda nos convida a pisar na cabeça de satanás; Nossa Senhora continua a 31 anos aqui em Medjugorje a nos chamar a colocar nossos pés na cabeça de satanás e assim reinar o tempo da paz.

Padre Lívio: Depois do atentado às duas torres de Nova Iorque, Nossa Senhora disse que satanás deseja o ódio, deseja a guerra e que existe um plano de satanás para destruir o planeta em que vivemos…

Ivan: Desejo dizer que satanás está presente hoje como nunca no mundo ! Aquilo que nós hoje devemos dizer é que satanás deseja destruir as famílias, deseja destruir os jovens. Os jovens e as famílias são o fundamento do novo mundo… Desejo dizer também uma outra coisa: satanás quer destruir a Igreja inteira. Existe uma presença sua também naqueles sacerdotes que não fazem o bem; e satanás também quer destruir as vocações sacerdotais que estão nascendo. Por isso Nossa Senhora nos adverte sempre que satanás age. Ela nos adverte de sua presença. Por isto nós devemos rezar. Devemos particularmente enfatizar estes quatro componentes muito importantes: as famílias, os jovens, a Igreja e as vocações.

Padre Lívio: Nossa Senhora escolheu uma paróquia, a de Medjugorje, e deste modo quis começar um renovamento de toda a Igreja.

Ivan: Sem sombra de dúvida tudo isto é o sinal mais evidente do renovamento espiritual do mundo e das famílias… de fato muitos peregrinos que vem até aqui em Medjugorje mudam a própria vida, mudam os seus casamentos; alguns, depois de muitos anos voltam a confessarem-se, tornando-se melhores e, voltando para as suas casas, tornando-se um sinal também nos ambientes em que vivem. Comunicando a própria mudança, ajudam a própria Igreja, formam grupos de oração e convidam outros a mudarem de vida. Este é um movimento que jamais parará… este rio de gente que vem a Medjugorje posso dizer que estão “famintos”. Um verdadeiro peregrino é sempre um homem esfomeado que procura algo; um turista apenas dorme e vai para outro lugar. Mas o verdadeiro peregrino procura algo mais… Nos meus 31 anos de experiência nas aparições, encontro pessoas de todas as partes do mundo e ouço que as pessoas estão famintas de paz, famintas de amor, famintas de Deus. E aqui elas encontram verdadeiramente Deus e um alívio; depois andam na vida com esta mudança. Da mesma forma que eu sou um instrumento de Nossa Senhora, assim eles tornam-se instrumentos DELA para evangelizar o mundo. É necessário que todos nós participemos desta evangelização ! É uma evangelização do mundo, das famílias e dos jovens. O TEMPO EM QUE VIVEMOS É O TEMPO DA GRANDE RESPONSABILIDADE.

Padre Lívio: Em nenhum outro Santuário que eu conheço chegam tantos sacerdotes quanto em Medjugorje…

Ivan: É um sinal de que aqui em Medjugorje está a fonte; aqueles sacerdotes que vem uma vez, virão também outras vezes. Nenhum sacerdote vem obrigado a Medjugorje, mas porque sentiu no coração um chamado de Deus. Vem porque Deus o chama, Nossa Senhora o chama; porque Deus e Nossa Senhora desejam comunicar-lhes algo: uma mensagem importante. Eles vem aqui, recebem a mensagem, levam esta mensagem e com esta mensagem tornam-se uma luz. Os levam para as paróquias e depois divulgam a todos.

Padre Lívio: Neste último ano, especialmente nas mensagens para Mirjana, Nossa Senhora recomenda que não murmuremos contra os sacerdotes e que rezemos por eles. Nossa Senhora parece muito preocupada com os sacerdotes da Igreja…

Ivan: Sim, também nas mensagens que ELA me dá sinto também esta SUA preocupação, mas ao mesmo tempo, com a oração pelos sacerdotes, ELA deseja trazer esperança para a Igreja. Nossa Senhora jamais criticou os sacerdotes, nunca criticou a Igreja. Ela ama os sacerdotes de maneira particular, ama os seus “FILHOS AMADÍSSIMOS” que são os sacerdotes. Às quintas-feiras quando me encontro com sacerdotes para uma aparição eu noto quanto amor está presente nos olhos de Nossa Senhora quando ELA vê reunidos estes SEUS sacerdotes. Aproveito esta entrevista para dizer a todos os fiéis: não critiquem os seus sacerdotes, não procurem as suas culpas. Rezem pelos sacerdotes !

Padre Lívio: Nossa Senhora fez os videntes verem o outro lado, isto é o final da nossa vida, para nos lembrar que aqui na Terra somos todos peregrinos. Você Ivan foi levado também ao Paraíso. Você pode nos contar esta experiência ?

Ivan: Antes de tudo desejo dizer que é difícil descrever com palavras como é o Paraíso. Em 1984 e também em 1988 foram as duas vezes em que Nossa Senhora me vez ver o Paraíso. ELA me avisou um dia antes. Naquele dia, me recordo, Nossa Senhora veio, me pegou pela mão e eu em um segundo cheguei ao Paraíso: um espaço sem fonteiras no vale de Medjugorje, sem fim, onde se ouviam cantos, tinham Anjos e pessoas caminhando e cantando; todos vestiam roupas longas. De onde estava percebi que as pessoas pareciam ter a mesma idade… É difícil encontrar palavras. Também nisto se confirma o Evangelho: “Olho nunca viu, ouvido nunca ouviu…” Verdadeiramente é difícil descrever o Paraíso ! Nossa Senhora nos guia a todos em direção ao Paraíso e quando chega uma nova aparição, ELA nos traz um pedacinho do Paraíso. Atrás de SEUS OMBROS se vê este Paraíso…

Padre Lívio: São Paulo disse que foi levado ao Paraíso, mas não sabe se com o corpo ou sem o corpo… Não compreendo se você viu o Paraíso ou se você foi levado com o seu corpo…

Ivan: Posso dizer somente que Nossa Senhora me pegou pela mão e daquela posição via o Paraíso, abriu-se o Paraíso, mas não posso dizer se foi com o corpo ou não. Tudo aconteceu durante uma aparição. Era uma alegria imensa ! Esta experiência durou mais ou menos 5 minutos. Em uma destas duas vezes Nossa Senhora me perguntou: “Você quer permanecer aqui ?” Lembro-me que foi em 1984 e eu ainda era um adolescente e LHE respondi: “Não, eu quero voltar porque não falei nada sobre isto para a minha mãe !”

Padre Lívio: É correto dizer como falou também Vicka, que depois de 31 anos “ainda estamos no começo das aparições” ?

Ivan: Esta pergunta sobre a longa duração das aparições é feita também pelos Bispos, pelos Sacerdotes e pelos fiéis. Tantas vezes os Sacerdotes me perguntam: “porque duram assim tanto tempo ? Porque Nossa Senhora vem por tanto tempo ?”. Outros dizem: “Nossa Senhora vem e nos diz tantas vezes as mesmas coisas, nada de novo…”. Alguns padres dizem: “Nós temos a Bíblia, a Igreja, os Sacramentos… Que sentido tem esta longa vinda de Nossa Senhora ?”. Sim, nós temos a Igreja, os Sacramentos, a Sagrada Escritura…

Mas Nossa Senhora nos pergunta: “Mas todas estas coisas, vocês as vivem, as praticam ?”. Esta é a pergunta que cada um de nós deve dar a resposta. Verdadeiramente nós vivemos aquilo que temos ? Nossa Senhora está conosco por isto: sabemos que temos que rezar em família e não o fazemos, sabemos que devemos perdoar e não perdoamos, conhecemos os mandamentos do amor e não amamos, sabemos que devemos fazer obras de caridade e não as fazemos, sabemos que temos que ir à Missa aos domingos e não vamos, sabemos que é necessária a confissão, mas não vamos, sabemos que nós os casados devemos viver o sacramento de nosso matrimônio, mas nós não o vivemos, sabemos que devemos respeitar a vida desde a concepção até a morte mas nós não respeitamos esta vida… A razão pela qual Nossa Senhora está por tanto tempo entre nós é porque nós somos teimosos ! Nós não vivemos aquilo que sabemos ! Verdadeiramente nestes 31 anos Nossa Senhora não nos deu nenhuma mensagem especial: tudo aquilo que ELA nos diz nós já o sabemos pela Tradição da Igreja, mas nós não o vivemos. ESTE É O PONTO.

Padre Lívio: Mas Nossa Senhora disse que as mensagens são um grande dom e que as SUAS palavras são preciosas. Talvez nós não sejamos conscientes disto…

Ivan: Eu estou plenamente de acordo com você: nós não somos plenamente conscientes do dom da presença de NOSSA MÃE CELESTE já a 31 anos ! Especialmente neste tempo em que vivemos. Posso dizer claramente que também esta paróquia não está plenamente consciente do dom recebido. Mas desejo enfatizar [sublinhar] também algo importante: NOSSA SENHORA DISSE QUE ESTAS SUAS LONGAS VINDAS NA TERRA SÃO AS ÚLTIMAS ! Por isso devemos compreender a grandeza e a urgência destas mensagens e também a longa duração destas aparições aqui em Medjugorje…

Padre Lívio: Nossa Senhora encarregou você de guiar um grupo de oração desde 1982 quando deu a você muitas mensagens. Porque ELA o escolheu, como você o guiou e o que ELA queria fazer com vocês ?

Ivan: Este ano festejamos 30 anos do aniversário de nosso grupo. É um grande jubileu para nós. Começamos de uma maneira espontânea em 1982. Nos reuníamos, a polícia nos mandava embora… depois sentimos a necessidade de nos encontrar de um modo regular nas segundas, quartas e sextas. Nos reuníamos próximo á Cruz Azul que permanece ligada ao nascimento do nosso grupo. Desejo contar, com exclusividade, como nasceu a Cruz Azul. Era inicialmente um local onde nos escondíamos para fugir da polícia. Um amigo meu tinha falecido e outro amigo tinha colocado uma cruz de madeira e me dizia: “Esta cruz [de madeira] vai queimar com as velas, devemos colocar algo mais resistente”. E assim nós fizemos. Meu pai estava pintando uns trilhos e muita tinta azul tinha chegado pra ele; nós não tínhamos outra senão aquela e assim pintamos aquela cruz, para ficar mais resistente, da cor azul. Assim nasceu a Cruz Azul. Mas quero voltar ao que é essencial: nós no início nos reuníamos e rezávamos por duas ou três horas a cada vez. Depois Nossa Senhora disse que queria vir rezar conosco. Tínhamos nossos encontros embaixo de qualquer condição atmosférica: vento gelado, neve e chuva. Às vezes Nossa Senhora nos pedia de irmos lá rezar às duas ou três da manhã e nós estávamos dispostos: tudo aquilo que Nossa Senhora nos pedia de fazer, estávamos dispostos a fazer com todo o coração ! E assim o grupo estava crescendo. Alguns membros do grupo não podiam mais cumprir os pedidos bastante exigentes de Nossa Senhora e por isso deixaram o grupo. Mas vieram outros novos e neste momento somos um grupo de 25 pessoas. Ainda nos reunimos. Nossa Senhora nos deu tantas mensagens e através destas mensagens Nossa Senhora nos guia. São encontros abertos e podem participar todos aqueles que o desejam. Na Cruz Azul e na Colina das Aparições [monte Podbrdo]

Desejo enfatizar que o objetivo deste grupo é que, com a participação e as orações, realizar os projetos que Nossa Senhora tem através desta paróquia [de Medjugorje], para os sacerdotes e pelas outras intenções de Nossa Senhora. Nós somos o grupo “Rainha da Paz” e que depois deste nasceram muitos grupos inspirados por este grupo. Eles são muito importantes: para a Igreja, para a família e dão muito incentivo para a evangelização do mundo inteiro.

Padre Lívio: É um grupo de oração de Nossa Senhora. E ajuda Nossa Senhora.

Ivan: Exatamente.

Padre Lívio: É correto dizer que o “tempo dos segredos” será um tempo de grande prova para a Igreja e para o mundo ?

Ivan: Sim, estou de acordo. Sobre os segredos nós não podemos dizer nada, mas somente posso dizer que virá um tempo muito importante; de modo particular virá um tempo importante para a Igreja. Devemos rezar por estas intenções.

Padre Lívio: Será um tempo de prova para a fé ?

Ivan: Já está um pouco presente agora…

Padre Lívio: É talvez por isto que Bento XVI, inspirado por Nossa Senhora inaugurou o “Ano da fé” ?

Ivan: O Papa é guiado diretamente pelas mãos de Nossa Senhora; e o Papa, de acordo com ELA, guia a Sua Igreja e o mundo inteiro. Hoje na aparição recomendarei todos vocês e de um modo especial todos os doentes. Maria, Rainha da Paz, rogai por nós !

Adquira um terço de Medjugorje abençoado por Nossa Senhora em sua aparição em Medjugorje e receba GRATUITAMENTE um dos lenços passados na estátua do Cristo Ressuscitado CLIQUE AQUI

Compartilhe com seus amigos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *