Vidente Marija: Nossa Senhora rezou em aramaico pela Ucrânia

Compartilhe!

Tempo de leitura: 7 minutos

Comentário transmitido pela Rádio Maria Itália em 25/2/2022

Traduzido e transcrito por Gabriel Paulino – Portal Medjugorje Brasil

Caros amigos, estamos agora ao vivo com Marija diretamente de Medjugorje que irá nos transmitir a mensagem mensal de Nossa Senhora de 25 de fevereiro 2022 da Rainha da Paz. Olá Marija!

Olá Padre Livio! Saúdo todos os ouvintes da Radio Maria. Hoje, como a cada 25 do mês Nossa Senhora deixou a seguinte mensagem:

“Queridos Filhos! EU estou com vocês e rezo junto com vocês. Filhinhos, ajudem-me com a oração a fim de que satanás não prevaleça. O seu poder de morte, ódio e medo visitou a Terra. Portanto, filhinhos, voltem a DEUS, à oração, ao jejum e à renúncia por todos aqueles que são pisoteados, pobres, e que não tem voz neste mundo sem DEUS. Filhinhos, se vocês não voltarem para DEUS e SEUS Mandamentos, não terão futuro. Portanto, ELE Me enviou a vocês para guiá-los. Obrigada por terem respondido ao MEU Chamado.”

Uma mensagem séria nos deu Nossa Senhora, não é Marija?

Sim, uma mensagem séria, mas também uma mensagem que Nossa Senhora envolve e diz: “rezemos juntos”. Querendo Nossa Senhora está conosco e deseja nos ajudar, deseja nos guiar como disse nesta mensagem. Esperamos que a presença de Nossa Senhora durante todos estes 40 anos seja um sinal de paz, um sinal do triunfo da Rainha da Paz neste mundo. Porque como Nossa Senhora disse: “o ódio, a morte, visitaram a terra”. Infelizmente nestes dias estamos em oração rezando por tantas pessoas que nos recomendaram, principalmente pelas pessoas da Ucrânia que vieram para o Natal e pediram oração.

Me recordo um dia um bispo ucraniano durante a aparição me pediu para recomendar de maneira especial pela Ucrânia e Nossa Senhora rezou sobre ele em língua aramaica, que eu não entendi. Quando Nossa Senhora reza em língua aramaica significa que é algo secreto, que Nossa Senhora não pode dizer, de coração a coração, assim rezou por este bispo, mas claramente por todo o povo da Ucrânia.

Rezemos. Estamos nos aproximando também do tempo da quaresma, tempo de renúncia, devemos aproveitar, que seja uma renovação para nós: renovação da oração, da renúncia, do jejum, como Nossa Senhora disse.

Nós que tivemos a experiência da guerra nos Bálcãs, quando Nossa Senhora disse: “Com a oração e o jejum até as guerras podem ser afastadas”. Quero dizer que devemos aumentar nossas orações por todos eles. Porque agora eles têm esta maldita guerra. Este poder do diabo que é assim forte neste momento. Que cheguem nas famílias onde não há paz, não há serenidade. Em nossos corações. Porque o diabo prende facilmente nossos corações. Nos usa. Por isto não devemos permitir que o diabo nos use para o mal, para a morte. Mas que o Senhor nos use para o bem, para a santidade. Porque somos um só corpo. Nossa Senhora nos pede sempre que rezemos por aqueles que estão longe, por aqueles que não creem. Se uma parte do corpo sofre, sofre o corpo inteiro. Meu sofrimento é o mesmo do povo da Ucrânia e de todo mundo. Não somente a Ucrânia, mas também o povo Russo porque são irmãos. O mesmo povo, a mesma fé. É algo que me dói o coração porque todos temos um Deus mas estamos fazendo guerra uns contra os outros. Isto é uma tragédia muito grande. Por isto digo que o diabo está usando os homens e mulheres nesta maldita guerra. Por isto repito: rezemos! Que o ódio não prevaleça, como disse Nossa Senhora.

Marija, nestes anos vi em diversas ocasiões principalmente no Natal em Medjugorje a fé deste povo que sobe a montanha do Krizevac e a Colina das aparições de pés descalços, sua serenidade, sua coragem e sua grande fé penso que Nossa Senhora seguramente os ajudará. Não pode abandonar um povo assim.

Padre Livio, me recordo uma experiência que muito me tocou enquanto viva me lembrarei. Um ônibus com ortodoxos e católicos vieram rezar juntos pela unidade dos cristãos. No meio do caminho o ônibus pegou fogo. Foram salvos por milagre porque assim que saíram todos o ônibus explodiu. Eles continuaram esperando um dia e meio por um novo ônibus. Demoraram 5 dias para chegar. Chegaram e não tinham roupas. Eu tinha amigos peregrinos italianos e disse: “devemos fazer alguma coisa, renunciem a algum vestido, a algum sapato. Preparemos para doá-los a eles”.

Uma senhora me disse: “pela primeira vez tenho um belo sapato de couro nos pés, porque só tinha sapatos de borracha”. Ela chegou sem sapatos a Medjugorje porque pegaram fogo. Quando eles chegam, eu me envergonho porque me sinto rica e vejo eles em sua pobreza são ricos porque tem Deus, tem a oração. Isto é o mais belo. Quando os vejo com tanto entusiasmo prontos a se sacrificarem durante a noite subirem as montanhas do Podbrdo e do Krizevac estarem lá em oração. Espero de todo o coração que o Senhor escute suas orações e lhes dê a paz o mais rápido possível.

Marija nesta mensagem tem passagens novas que nunca vi outra vez que “que não prevaleça seu poder de ódio e medo” e que “satanás visitou a terra”. Que sentido há nesta frase forte? Me lembra a mensagem de 25 de março de 2020 Nossa Senhora disse: “satanás reina”.

Sim. Nossa Senhora disse “rezem junto comigo. Ajudem-me com a oração.” Como diz aquele provérbio: “A unidade faz a força”. Neste momento devemos estar unidos a Deus e a Nossa Senhora e pedir esta graça. Porque Nossa Senhora disse sobre satanás: “que não prevaleçam seu poder de morte ódio e medo”. Vemos que hoje cada vez mais pessoas se distanciam de Deus e dos mandamentos de Deus. Jesus nos trouxe a paz, a alegria e nos convida continuamente: “amem seus inimigos. Rezem por eles”. Não devemos rezar somente os que são atacados, mas os que atacam. Porque creio no coração que poucos tem vontade de guerra. Porque guerra não é bem, não é alegria, não é prosperidade. Guerra só causa danos…

Nossa Senhora nesta mensagem fala dos “pobres que não tem voz neste mundo sem Deus”. Nossa Senhora olha para este mundo sem Deus onde há uma multidão de pessoas como disse Papa Francisco que estão: “marginalizadas, descartáveis, pisadas”. Nós não os vemos em volta.

Nossa Senhora não falou somente da Ucrânia, mas do mundo inteiro. Das pessoas pobres, pisadas, sem voz. Aqueles que estão neste momento embaixo dos bombardeios. Tantos me mandaram mensagem. Querem ficar em casa em seu país em paz.

Recordo-me quando era conosco poucas pessoas saíram de Medjugorje. As pessoas diziam: quero morrer aqui em casa. Na guerra não se respeitam quem é criança, quem é velho, quem e jovem, quem é amigo, quem não é amigo. Infelizmente é assim.

Nossa Senhora usa muitas vezes esta expressão, que estamos criando um mundo sem Deus. O mundo se tornou ateu?

Acredito que é por causa do poder. Digo que o homem se coloca no lugar de Deus. Dentro deles acreditam ser Deus. A vida é bela, lembro-me de pessoas que me diziam: “agora que estou velho devo pensar em oração, em preparar-me para ir pro Céu”. Tantas vezes as pessoas que não tem problemas, não tem doença, porque muitas vezes as doenças nos aproximam de Deus. As pessoas que não têm doenças tantas vezes acham que não morrerão nunca. Devemos fazer como os santos. Tem um santo que dizia: “lembra-te irmão que a morte está próxima”. Devemos aproveitar esta vida para fazer o bem.

Se desejar adquirir algum produto de Medjugorje para ser levado por mim para a aparição e benção de Nossa Senhora em sua aparição anual no dia 18 de Março 2022, acesse o link abaixo para comprar seu produto:

https://www.lojamedjugorje.com.br/importados-de-medjugorje/

Se você tem algum pedido de oração para ser levado diretamente para a apariçãoaperte aqui para escrever seu pedido de oração.

Compartilhe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.