“Fui diagnosticada com câncer no útero e fui curada em Medjugorje!!!” testemunho de Kathy Jones

Compartilhe!

Tempo de leitura: 3 minutos

Matéria original: https://www.medjugorjetuttiigiorni.com/2022/04/mi-fu-diagnosticato-un-cancro-allutero.html

“Eu cresci em Nova York, em uma família de fervorosa fé luterana, e sempre acreditei em Deus. Mas, quando adolescente, rejeitei todas as formas de religião organizada, pensando que eram todas invenções dos homens e não de Deus. … casada com Eddy e tendo aceitado de má vontade que nossos filhos fossem criados na religião católica, eu disse a ele: “NUNCA pense que um dia me tornarei católica! Ou alguém nasceu e foi criado católico, ou deve ser louco para escolher ser um voluntariamente”. Eu rejeitava os ensinamentos da Igreja, pensando que eles foram inventados por homens que não tinham nada melhor para fazer do que incutir culpa e mesquinhez nas pessoas. Se às vezes eu ia à igreja com minha família, morria de tédio. Em 1987 fui diagnosticada com câncer uterino e tive que passar por uma operação bastante séria com a qual se descobriu que o câncer havia atingido os gânglios linfáticos. Fui submetida a tratamentos intensivos de quimioterapia e depois radioterapia também, mas o futuro parecia sombrio e a forte probabilidade de uma recaída lançou sua sombra sobre mim. Durante uma de minhas estadas no hospital, gritei alto para Deus: “Se você realmente existe, por favor, alivie meu desespero e deixe-me aceitar o fato de morrer antes de ver meus filhos crescerem”. Esperei, mas não senti nenhuma paz e assim concluí que não havia ninguém lá em cima que realmente se importasse comigo: a oração era apenas um desejo. Para piorar as coisas, os empregadores de Eddy se mudaram para Dallas (Texas) durante minha convalescença e eu tinha certeza de que teria que terminar meus dias lá sem o apoio da minha família e dos meus pais e amigos em Nova York.
Por uma estranha combinação de circunstâncias que só Deus teria sido capaz de orquestrar, encontrei-me levando minha sogra para uma reunião de oração em janeiro de 1990. Apesar de tudo, me encontrei sentada em uma sala com um terço nas mãos . Eu queria desesperadamente fugir, mas, por educação, fui obrigada a ficar e até comecei a rezar com os outros. De repente, um profundo sentimento de paz me invadiu, o medo me abandonou e me encontrei cheia de esperança; naquele dia minha vida mudou completamente pela intercessão de Nossa Senhora da Esperança… a Rainha da Paz! Em outubro daquele ano, Eddy e eu fomos ao seu santuário em Medjugorje; fomos a Tihaljina para ver o padre Jozo Zovko, que me abençoou e orou por mim impondo as mãos sobre mim. Foi uma experiência inesquecível. Meus amigos me disseram que eu havia recebido a graça da cura.

Até hoje, o câncer nunca voltou. Não sei se é um milagre ou se é simplesmente o resultado dos tratamentos feitos. Mas a graça mais importante que recebi foi a cura espiritual. A mulher que antes era cética e até irreverente, foi abençoada por se tornar católica no domingo de Páscoa do ano seguinte! Desde então, a Eucaristia diária tem sido o coração do meu dia. Meu marido Eddy, que desde então se tornou diácono, me lembra como eu zombava de seu hábito de ir à missa todos os domingos e como eu recusava os padres a entrar no meu quarto de hospital, mesmo quando estava muito atordoado pelo efeito da morfina . ! Hoje, parte do meu “ministério” consiste em levar a Comunhão aos doentes nos hospitais e rezar com eles… A Deus, nada é impossível!
Agora eu experimento uma profunda alegria interior e estou pronto para qualquer coisa por Nossa Senhora! É uma sorte poder estar em sua escola de amor! Reze o terço! Ouça as mensagens de nossa Mãe e VIVA-AS! Ela nos diz: “Se você soubesse o quanto eu te amo, você choraria de alegria.” “

SE QUISER IR A MEDJUGORJE CONOSCO CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS !!!

SE QUISER PRODUTOS DE MEDJUGORJE CLIQUE AQUI

Compartilhe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.