“O Santo Padre abriu as portas para Medjugorje” afirmou Monsenhor Hoser

Compartilhe!

Tempo de leitura: 3 minutos

Matéria original: https://rosasparalagospa.com/2019/08/01/el-santo-padre-ha-abierto-las-puertas-grandes-para-que-venga-la-gente-a-medjugorje/

https://www.vecernji.hr/vijesti/hoser-papa-je-otvorio-velika-vrata-za-ulazak-u-me-ugorje-1336017

Em 1 de agosto de 2019, durante uma coletiva de imprensa presidida por Monsenhor Hoser juntamente com o pároco de Medjugorje, frei Marinko Sakota, estive presente representando a Fundação Centro Medjugorje e, por meio dela, transmito esta declaração histórica.

Diante de numerosos jornalistas, monsenhor Hoser nos disse que “o festival da juventude de Medjugorje é um acontecimento amplo e profundo na vida espiritual dos jovens já que eles são a nossa esperança e futuro”.

A igreja paroquial de Medjugorje, que foi consagrada em 1969, foi construída muito maior do que tinham necessidade neste pequeno vilarejo. Agora que Medjugorje converteu-se em paróquia mundial. a igreja de Medjugorje tornou-se pequena.

Monsenhor Hoser enfatizou que um dos fenômenos de Medjugorje é a santa confissão e “podemos dizer que Medjugorje se converteu no confessionário do mundo, aqui se confessa em todas as línguas possíveis e vocês sabem que a prática da confissão individual em muitos lugares tem desaparecido por completo. As pessoas descobrem o que é a Misericórdia de Deus. Descobrem que é o sacramento que nos traz a paz ao coração. E acontecem numerosas conversões nas confissões.”

Com relação às conversões, calcula-se que desde o início do fenômeno Medjugorje, surgiram mais de 800 vocações sacerdotais e de vida consagrada.

Monsenhor Hoser convidou os jornalistas a permanecer durante todo o programa do festival para descobrir os milagres que acontecem aqui.

Frei Marinko nos lembrou que o lema do festival é o “Segue-me”, nos apresentou o programa do festival e nos anunciou os cardeais e bispos que estarão presentes nestes dias.

A missa de inauguração será presidida por sua excelência o cardeal Angello de Donatis, vigário geral de Roma. Concelebrarão a Santa Missa também o arcebispo José Rodríguez Carballo,ex-ministro geral da ordem franciscana e atual secretário da congregação dos institutos de vida consagrada e sociedades de vida apostólica, junto com sua excelência o núncio apostólico na Bósnia-Herzegovina Monsenhor Luigi Pezzuto e o visitador apostólico para a paróquia de Medjugorje, monsenhor Henryk Hoser. O arcebispo de Bialystok (Polônia), monsenhor Tadeusz Wojda. Sua excelência monsenhor Dominique Rey, bispo de Fréjus-Toulon, França. Sua excelência bispo de Sisak, Vlado Kósic da Croácia. Sua excelência bispo auxiliar de Kielce (Polônia), Marian Florczyk. O bispo auxiliar de Roma ,Daniele Libanori e o arcebispo emérito de Gwangiu na Coréia, monsenhor Andrea.

Com eles estarão também reunidos nestes dias o cardeal arcebispo de Sarajevo monsenhor Vinko Puljic, que presidirá a celebração eucarística do domingo dia 4 de agosto e sua excelência o arcebispo Rino Fisichella, presidente do conselho pontifício para a promoção da nova evangelização que presidirá a missa de encerramento do festival dos jovens de 2019.

Finalmente durante a sessão de perguntas, diante da pergunta de um jornalista sobre a presença de tantos cardeais em Medjugorje se estamos entrando em uma nova dimensão. Mosenhor Hoser recordou que “no mês de maio a Santa Sé autorizou as paróquias e dioceses poderem organizar peregrinações oficiais e, portanto, a possibilidade de que cardeais e bispos possam celebrar em Medjugorje a Santa Missa solenemente. Seremos testemunhas deles durante estes dias”.

“Isto significa que o Santo Padre abriu grandes portas para que as pessoas venham até Medjugorje” concluiu o arcebispo Henryk Hoser.

Se você deseja saber mais sobre as aparições de Nossa Senhora, adquira o livro escrito pela própria vidente Mirjana Soldo clicando no link abaixo:

www.meucoracaotriunfara.com.br

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *