Jesus fotografado em Medjugorje !!!

Compartilhe!

Tempo de leitura: 4 minutos

CLAUDIA TIBOLLO KORDIC:
Bom dia queridos amigos, de acordo com meu marido, gostaria de dar uma explicação sobre uma de minhas fotos, que já está circulando na rede: Prefiro que seja eu a contar o que aconteceu, segunda-feira à noite, na Cruz Azul Espero que não seja manipulado. Eu nunca me permitiria brincar sobre o sagrado. Não procuro sinais porque, afinal, a própria palavra “Sacramento” significa “Sinal”. Na segunda-feira, 17, recebi uma notícia pesada sobre a saúde de uma das pessoas que mais amo neste mundo e ouvi a explosão de alguns amigos da Itália que me pediram para orar por eles. Em particular, eu estava alinhado com um amigo que veio dezenas de vezes a Medjugorje e que trouxe muitas pessoas aqui ao longo dos anos. Depois da Santa Missa, na qual já havia sentido um profundo consolo com a Eucaristia, fui sozinho à Cruz Azul. Primeiro, a amiga com quem eu havia trocado mensagens me veio à mente e enviei a ela algumas fotos. Depois subi à Cruz Azul e rezei a Nossa Senhora como uma menina que se lança nos braços da mãe, roguei-lhe que me ajudasse nesta situação e interviesse por todas as pessoas que me pediam para rezar por elas, especialmente pelos italianos e pelos habitantes de Medjugorje, que são meu exemplo na fé. Só vocês e Jesus sabem o quanto eu amo Medjugorje e este povo, mas meus pensamentos foram naquela noite para todos os sofredores em todas as partes da terra. Só havia duas mulheres rezando na Cruz Azul, outras pessoas estavam na outra cruz onde está a Nossa Senhora Branca, mas eu não contei quantas eram, eram poucas. A certa altura, a Cruz Azul foi atingida por uma luz maravilhosa vinda do sol, que estava se pondo. Filmei o pôr do sol porque era lindo demais e postei na mesma noite. Descendo, porém, senti vontade de tirar outras fotos pela beleza daquela luz e uma, em particular, à distância. Aí fui de carro porque estava começando a chover. Me despedi dos homens que trabalham nas lojas de souvenirs. Algumas fotos eu mandei para amigos na Itália, mesmo sem vê-las novamente. Dois dias depois, fui informada de que uma das fotos era “especial”. Fui revisar e quase deixei cair o telefone de minhas mãos. Não vi ninguém na Cruz Azul naquela noite (no final do vídeo abaixo ela mostra que não havia nenhum homem na cruz azul naquele momento), exceto aquelas duas mulheres. Não consigo usar o Photoshop e nem mesmo fazer fotomontagens. O original está no meu smartphone com a data e a hora da foto.

Não sei se passou alguém, no exato momento do tiro, de manto branco, cabelos compridos e barba. Eu não o vi, absolutamente, mas não excluo nada. Só vi a luz do pôr-do-sol, particularmente intensa e colorida, que envolveu a Cruz Azul e as duas mulheres. Eu não tive uma aparição, não sou digna. Só sei que quando abri esta foto me vieram à mente as palavras do padre na última confissão. Ele me disse: “quando você se sentir oprimido, lembre-se das palavras de Jesus: ‘Venha a mim, você que está cansado e oprimido, e eu o revigorarei”. Reze por mim.
A foto original é mais nítida do que as cópias enviadas, e mantenho-a no meu smartphone, que já está velho e danificado. Quanto a mim, já tinha Jesus no coração, mas esta foto, tão “estranha” me faz pensar em suas palavras: “Estou contigo, todos os dias, até o fim do mundo”. Para alguns será motivo de riso, para outros de consolo, se mesmo por um momento te fará pensar no Rei dos Reis … mesmo que fosse um menino que passou, por acaso, sem que eu percebesse e que se parece com Ele. Medjugorje é um lugar de graça universal. Nossa Senhora, há 40 anos, tem nos chamado ao Seu Filho Jesus, e Ela nos explica como fazer, se queremos ser felizes já aqui na terra. Seu Imaculado Coração triunfará! Se você já sentiu uma emoção ao ver o Senhor neste jovem, tente imaginar o quão grande é o que vem a seguir, quando estaremos diante Dele!

Claudia Tibollo

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *